PRIMAVERA VERÃO

Minas Trend

13 de Janeiro

Assintecal aponta as projeções mensais e anuais para o setor de calçados

A Assintecal, por meio do setor de Inteligência de Mercado, visando contribuir ainda mais com o setor coureiro-calçadista afim de dar subsídios às informações e contribuir estrategicamente na tomada de decisões dos empresários, lançou, em novembro, o Estudo de Projeções da Indústria Calçadista, tendo como objetivo apresentar as projeções mensais para a produção (pares) e exportação (pares e valor) de calçados e a estimativa setorial anual.  

O estudo é divulgado mensalmente e encontra-se disponível na Plataforma de Inteligência, site do By Brasil, Components, Machinery and Chemicals – ação de incentivo às exportações realizada pela Assintecal e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).  

- PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE CALÇADOS (PARES):
A retração na produção industrial de calçados em outubro de 2020 foi 0,8 p.p. maior que em setembro de 2020. Em outubro, o indicador apresentou queda de 1,2% na comparação com outubro de 2019. Para o mês de novembro de 2020, a projeção média é de retração de 0,8%, proveniente de uma banda pessimista de  -2,9% e otimista de +1,3%, ou seja, com uma previsão de retração em média de 0,8%.

- EXPORTAÇÃO DE CALÇADOS (VALOR USD E PARES): As exportações de calçados, quando medidas em valor, tiveram uma queda de 23,8% em novembro de 2020, quando comparadas às exportações no mesmo mês de 2019. O resultado apresenta uma queda menos acentuada que a observada nos últimos sete meses. Para dezembro de 2020, tem-se projeção pessimista de retração em 22,9% e na banda otimista, contração de 15,7%.   Já as exportações em pares apresentaram, em novembro de 2020, elevação de 13,8% em relação a novembro de 2019. Esse foi o único mês com crescimento ao longo de 2020. Nas projeções para dezembro de 2020, a banda otimista indica queda de 2,9%, enquanto a pessimista, retração de 5,5%.  

- PROJEÇÃO SETORIAL ANUAL 2020:
A tabela abaixo sintetiza as projeções médias e anuais para o setor de calçados. Em relação às projeções apresentadas no mês de novembro, a estimativa de produção de pares manteve a mesma projeção (-28,60%), enquanto a expectativa para o desempenho das exportações em pares registrou melhora (de -26,6% para -21,10%). Contudo, a estimativa das exportações em valor sofreu revisão para baixo (passando de -31,55% para -36,50%).

Fonte: Assintecal  

ver todas noticias